• Quinta-Feira, 29 de Fevereiro de 2024

 

PROFESSOR: UM SER ENTRE O HUMANO E O DIVINO

Professor: um Ser entre o humano e o divino


Qual é a origem da sabedoria? A quem poderíamos a atribuir a sabedoria plena a não ser a Deus? Deus é a fonte de todo conhecimento. Esse conhecimento, essa sabedoria precisa chegar ao entendimento humano e para tal entra a figura especial, muitas vezes mais valorizada do que o próprio Deus pelos Indianos: o Professor, o Mestre. Aquele que torna possível o entendimento do conhecimento.

Diversas nações, como veremos, reverenciam a figura do professor. Os indianos, por exemplo, saudam primeiro ao professor, e em segundo lugar sauda a divindade. Vejamos: "Guru Govind doou khare kake lagon paai? Balihari guru aap ki Govind deeo batai," significando "Eu estou em dificuldade de saber quem saudar primeiro: o professor ou o Deus. Eu escolherei o professor porque ele é um instrumento da sabedoria de meu Deus". Assim, fica o reconhecimento da magnitude dos professores.

No Brasil, o dia 15 de outubro foi instituído em 1827 como dia do professor por D. Pedro I, Imperador, por meio de um decreto imperial que criou o Ensino Elementar no Brasil. “Esse decreto falava de bastante coisa: descentralização do ensino, o salário dos professores, as matérias básicas que todos os alunos deveriam aprender e até como os professores deveriam ser contratados”. Mas foi somente em 1947, 120 anos após o referido decreto, que ocorreu a primeira comemoração de um dia efetivamente dedicado ao professor.


Vejamos quando ocorrem as comemorações em outras nações:


5 de setembro é o Dia do Professor na Índia.


16 de maio é o Dia do Professor na Malásia.


O Dia do Professor é comemorado em 24 de novembro na Turquia.


Na Albânia, o Dia do Professor é um feriado não oficial em 7 de março, um dia antes do Dia das Mães (8 de março).


Na China, 28 de setembro, que é o dia do aniversário de Confúcio.


Na Rússia o Dia do Professor é 5 de outubro.


Na Coreia do Sul o Dia do Professor é 15 de maio.


16 de janeiro foi adotado como o Dia do Professor na Tailândia por uma resolução do governo em 21 de novembro de 1956.


 Assim, fica evidente que a profissão mais sublime e que evoca respeito e valorização é a do Professor, esse ser que se coloca como mediador da sabedoria divina e que em nossa sociedade contemporânea brasileira tem sido tão atacado por governos e alunos que ignoram o seu verdadeiro valor. Vida longa ao dia do Professor!

 

Autor: Manoel Jorge Barreto Costa